Singles
Singles

ME!

Lançamento: 26 de abril de 2019
Maior posição na Billboard Hot 100: #2
Cópias vendidas mundialmente: 9.162.000
A faixa ME! foi o primeiro contato que tivemos com a era que alguns meses mais tarde conheceríamos como Lover. Após vários posts misteriosos com uma nova e colorida estética em seu feed do Instagram, que despertaram a curiosidade dos fãs, Taylor nos levou à uma contagem regressiva de 13 dias, começando no dia 13 (!) e terminando no dia 26 de abril de 2019, quando lançou a música, juntamente com seu videoclipe.

O single contou com a produção de Taylor Swift e Joel Little e tem como capa apenas a palavra ME! (em sua grafia oficial, com a exclamação que pode ter sido inspirada pela de “Panic!”) entrelaçada em flores e os nomes dos artistas. Os tons pastéis, claro, estão presentes, reforçando a estética que o ainda não lançado Lover teria. Também foram lançadas algumas capas alternativas para singles físicos vendidos no site, em vinil.

“YOU NEED TO CALM DOWN”

Lançamento: 14 de junho de 2019
Maior posição na Billboard Hot 100: #2
Cópias vendidas mundialmente: 8.091.000
Anunciada em uma live do Instagram no dia 13 de junho de 2019, a mesma onde Taylor anunciou oficialmente o título e a data de lançamento do álbum Lover, a faixa You Need To Calm Down foi o segundo single da era, lançado no dia 14 de junho com o Lyric Video e mostrou Taylor cantando para os haters e, em sua nova versão politizada, os homofóbicos se acalmarem. Na faixa, contou mais uma versão com Joel Little na produção.

Para a capa do single, Taylor escolheu uma foto do set do clipe onde aparece de costas com uma tatuagem fake de uma cobra se transformando em borboletas, uma alusão à sua “personalidade” anterior da era reputation que também já tinha sido representada no clipe de ME!, sendo a primeira sequência representada em vídeo de sua nova era. Simbólico!

“THE ARCHER”

Lançamento: 23 de julho de 2019
Maior posição na Billboard Hot 100: #38
Cópias vendidas mundialmente: 1.889.000

Escolhida como single promocional, a faixa The Archer foi produzida por Taylor e Jack Antonoff. Taylor também anunciou seu lançamento em uma Live do Instagram no dia 23 de julho de 2019, disponibilizando-a com seu Lyric Video no mesmo dia. A faixa é uma parceira entre a cantora e Jack Antonoff na produção e é a quinta do álbum, tradicionalmente conhecida por ser a mais sincera e vulnerável entre as músicas. Não
recebeu um clipe, por ser promocional, mas agradou aos fãs com sua melodia contínua e voz sintetizada que faz a música ter uma atmosfera reflexiva, quase mágica. A capa do single segue a estética da capa do álbum, com o mesmo fundo de nuvens e a mesma fonte.

“LOVER”

Lançamento: 16 de agosto de 2019
Maior posição na Billboard Hot 100: #10
Cópias vendidas mundialmente: 6.294.000

A faixa-título do álbum foi casualmente anunciada como single por Taylor Swift durante seu discurso de agradecimento pelo Icon Award no Teen Choice Awards, que aconteceu no dia 11 de agosto de 2019. Lançada cinco dias depois com um Lyric Video, em 16 de agosto, a faixa rapidamente se tornou uma das favoritas dos fãs e resgatou as raízes country de Taylor, aliadas a uma batida constante e letras sensíveis e apaixonadas, com
promessas de eternidade que lembraram votos de casamento.

O single não recebeu uma capa especial e é divulgado pela mesma imagem que ilustra a capa do álbum.

“THE MAN”

Lançamento: 27 de janeiro de 2020
Maior posição na Billboard Hot 100: #23
Cópias vendidas mundialmente: 1.618.000

Queridinha de muitos fãs, que reivindicavam o lançamento de ‘The Man’ como single oficial, a música ganhou um Lyric Vídeo no dia 07 de março de 2020 e foi anunciada como tal no dia 25 de fevereiro de 2020, quando Taylor publicou em suas redes uma imagem do set do videoclipe oficial, que estreou dois dias depois.
O lançamento do single veio logo depois do sucesso do documentário de Taylor, Miss Americana que, dentre outras questões, aborda o machismo e o sexismo na indústria musical.

© 2009 - 2019 Taylor Swift Brasil - todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Marcelo Monteiro.